Sobre o caso do ministro Moro – por Gustavo de Pierro

12 de junho de 2019 0 Por Matheus Oliveira

Este artigo não busca focar no teor da conversa divulgada do ministro, mas sim no método utilizado.

O método utilizado foi uma invasão de privacidade ao celular do ministro, logo, sendo uma invasão se torna algo a margem da lei e o que me deixa surpreso é a alegria de politicos que são contra a lava jato, a ponto de falarem em cpi da Lava Jato, afastamento do ministro e claro, a esquerda gritando o famoso “Lula livre”.

Esta minha surpresa recai no seguinte: E se por ventura, invadissem os celulares de políticos, o peso da argumentação será o mesmo dado no caso do Moro?

Vamos ilustrar melhor nossa imaginação com um bom exemplo.

Vamos imaginar que a Polícia Federal começa a invadir, sem autorização da justiça, os celulares ou emails de políticos e a PF acaba encontrando mensagens “suspeitas”, haveria investigações sobre estes políticos, com base neste método ilegal?

Bom, quem teme a lava jato comemora o método ilegal que utilizaram, mas tenho certeza que se fosse um braço da lei ou um invasor civil que fizesse isso, eles não estariam nesta plena felicidade.

Nossa bandeira é pela continuidade da lava jato, que já mostrou que não faz “perseguição” a um partido, mas combate a corrupção!

Autoria: Gustavo de Pierro (MLN)